27 de out de 2010

Profundo.

Profundo.

Segure-me pelas ancas,
No mexe-mexe sem parar,
Visualize meu corpo,
Ficando todo louco,
Do seu gozo há experimentar!

( Desejos da pele)


Um comentário:

Amorinn disse...

Axé e Nirvana!