27 de fev de 2010


SACIA.

Sacia meus desejos
De ter teus beijos
E no seu corpo cavalgar!

(Desejos da pele)

26 de fev de 2010


MATANDO A SEDE!

Eu longe e você distante
Corpos querendo se tocar...
E na câmera matando a sede de amar!

(Desejos da pele)

Entre as espumas.

Quando se levando e foi para o banho, sem me convidar,
Depois de ter nos saciado longamente, numa noite cheia de prazer entre os lençóis úmidos permaneci ali.
Senti o perfume de teu banho a inebriar o ambiente daquele quarto de hotel,
A vontade era imensa de transar contigo debaixo de uma ducha morna,
Sentir seu corpo lambuzado pelas espumas...
Não resisti, e em passos calmos e com o olhar cheio de tesão me aproximei,
Meu corpo estava todo despido, e exalando entre meus poros o desejo incontrolável,
Lhe observei através do boxe, seus movimentos, como era delicioso ver a forma como
Passava o sabonete em seu corpo...
Entrei e logo me agarrou pela cintura, beijou com voracidade meus lábios, e com sofreguidão tuas mãos passeavam pelo meu corpo, num balé único.
Toquei em seu membro excitado pelos movimentos que provoquei,
Lambuzei todo de espuma, a água caia tão suave em teu corpo que faziam pequenas bolhas deslizante, tudo era estimulante e provocava muito tesão.
Desci e sacie o desejo de ter em meus lábios teu membro todo molhado.
Enquanto eu te acariciava, em pequenas mordidas e sutil apertões, você se derretia como as espumas.
Depois me pegou pelos braços e logo me ergueu, me colocou contra a parede e quase numa posição sem descrição, penetrou ardentemente, em movimentos de entra e sai, de vai e vem,
Nossos gemidos, nos deixavam mais loucos, virou me de frente, beijou meus lábios e logo desceu, passando pelos meus seios, descendo pela minha cintura até chegar na minha flor,
Que mais que louca desejava teus lábios e agachado entre minhas pernas, passou tua língua gostosa me deixando mais que molhada, e sugando todo meu mel, nos satisfazemos entre as espumas.

(Desejos da pele)

24 de fev de 2010


SEM CALCINHA.

Venha amor,
Que hoje estou ardente
Quero provocar,
Dançar na sua frente...

Tire meu vestido azul,
Deslize sua mão,
Ao som do blues...

Pegue-me pela cintura,
Descubra-me nas alturas,
Sinta o cheiro do meu corpo,
Faça-me ser tua...

Percorra-me com teus lábios
Explore meu sexo excitado,
E morda os lábios...

(Desejos da pele)

22 de fev de 2010


MEU TESÃO

Meu tesão por ti vai além
Penso e não me agüento,
Gozo e não sustento
Quero te sentir aqui,
Colado e explosivo,
Deitado e delirante,
No meu rebolar constante!

(Desejos da pele)

UMA NOITE DE AMOR!

São tantos os pensamentos, desejos de te amar,
Gosto deste teu fascínio ousado,
Do sexo explorado, do fetiche abusado,
Da forma que quer me amar!

Recordo-me uma situação,
Não sei se é real ou invenção,
Teu corpo suado, minhas mão lhe agarrando,
Seu falo excitado louco me penetrando!

Depois o desejo de gozar,
E por todo o corpo lambuzar,
Logo o abraço apertado e beijos trocados,
Na orgia da noite, no mundo oculto!

Que nos propusemos nos amar!
Cansados e extasiados noite inteira sem parar,
Viramos de lado, dormimos pelados,
Feito uma conchinha, sexo a sexo colado!

(Desejos da pele)

17 de fev de 2010


MUNDO SECRETO!

Neste mundo secreto posso te amar,
Tirar sua roupa e seu corpo beijar,
Gosto totalmente de tua ousadia
Que deixa minha mente em euforia!

Gosto do teu gozo, do teu corpo suado,
Depois do trabalho,
De suas pernas firmes e deliciosas
De seu peito escultural
Do seu cheiro sem igual!

Amo ver seu sexo excitado
Com meu olhar abusado,
Gosto de sentir o movimento
De ver tudo crescendo,

Amo as mordidas nos lábios
Que me excitam e me deixam perdida.
Amo tudo em você,
Eu te amo!

(Desejos da pele)

14 de fev de 2010


TEU FALO MELADO.

A distância é tortura, no virtual a loucura,
Provoco de longe, deixo-te na fissura!
Sua roupa intima quero saber,
Mas é somente pra ver!

Teu falo excitado, querendo ser chupado,
Quem sabe ser amordaçado pelos meus lábios!
Não adianta esconder, quero ver tudo escorrer,
Diante dos meus olhos, na distância sentir prazer!

Peço-te pra movimentar, como se fosse minhas mãos no lugar,
Bem de vagar no movimento constante,
De cima para baixo, quem sabe meio apertado,
Como se fosse penetrar.

Não quero que resista, sinto o teu tesão,
Mesmo não tendo em minhas mãos,
Que louca vontade de gozar em união,
Eu e você seu falo melado, no grande compasso de sofreguidão!

(Desejos da pele)


13 de fev de 2010





FOLIA!

É na folia,
No encantamento do brilho,
Da noite contagiante,
Vivemos intensamente,
Amamos e nos satisfazemos,
Porém com cuidado,
Nos protegemos!

(Desejos da pele)

12 de fev de 2010


SUBMISSO!

É bonzinho ao meu comando,
Prendo-te de jeito,
Faço de ti meu escravo,
Ordeno, comando!

Prendo-te em minhas entranhas,
E deixo-te sugar o mais precioso néctar,
Da bela flor rósea.

Viro-me de lado,
Depois fico de quatro,
A saciar teus profanos desejos,
A inebriar ao meu cheiro.

Fico no comando
Sempre lhe desejando
Feito escravo me amando!

(Desejos da pele)

CHANTILLY NELE.


Saborear-te é espetáculo,
Lambuzo-te de chantilly,
Passo minha língua
Atrevida sobre ele,
Degusto, chupo...
Satisfaço teus desejos
Deixo-te excitado,
Prendo em minhas mãos
Agarro bem forte,
Mordo de leve,
Provoco...
Sinto teu corpo todo estremecer
Teus gemidos me fazem enlouquecer,
Goza amor de tanto prazer!

(Desejos da pele)

11 de fev de 2010


Corpo em prosa.

Aprofundado nos desejos teus
delibero as vontades minhas
no teu corpo quente e safado.

Sinto o calor da tua vulva doce
que o meu gosto a de provado
no imaginar dos sentidos meus.

Desfolho-te toda na língua vil
a deixar o teu corpo trêmulo,
sob os lábios úmidos que te goza.

No teu gemido firme e extenso
sinto as loucuras do teu êxtase...
E assim faço do teu corpo, a prosa.

(Senhor da Lua)

10 de fev de 2010


LÁBIOS.

Tua língua quente,
A envolver meus lábios úmidos,
No frenesi total,
Levando-me a loucura,
A cravar as unhas na sua pele,
A enlouquecer de tesão...

Lambidas excitantes,
Gostosas de sentir
Mordidas de leves,
Que não tem como resistir,
Suga-me, sinta-me,
Descubra-me em teus lábios!

(Desejos da pele)

BRINCADEIRAS!


Quero seu gozo mais gostoso,
A brincadeira atrevida,
Quero lambuzar,
No meu corpo com teu prazer,
Saciar todos os nossos desejos,
E explodir de prazer!

(Desejos da pele)

8 de fev de 2010


Na tua sede...

Feito um desconhecido do amor
te desejei em mim toda, querida.
Feito um perdido na vida
te amei nas orgias, no teu calor...

Encontrei as vontades escondidas
que em ti fazias chorar,
encontrei na tua esperança perdida
o teu jeito louco de amar!

Torna-me o teu animal, toda louca
a te levar ao completo gozo quente...
Faça do meu membro em tua boca
a fonte a matar-te a sede, completamente.


(Senhor da Lua)

VITALIDADE!

É tu que na orgia da noite,
Mantém se quente, feito lava vulcânica,
Com movimentos constantes,

Que me leva ao puro êxtase,
Que faz todo meu corpo estremecer,
Que me beija, me deseja...

Domina-me completamente
Faça de mim todo teu querer,
Ame-me na noite até ao amanhecer!

(Desejos da pele)

5 de fev de 2010




PELE MARCADA!

Tua pele marcada
Pela tatuagem inspirada
Deixa-me louca,
Teus braços de belos contornos
Másculos,
Seu corpo perfeito,
Tua cor saborosa aos meus lábios
Desejos constantes...
Amor delirante,
Quero-te despido,
Para saciar toda minha cede,
Preciso te morder, lamber,
Sentir...

(Desejos da pele)

4 de fev de 2010


Insaciáveis!

As entranhas do teu corpo
me pertencem...
O odor que de ti transpira
transpira em mim...
A sede que tu tens,
em mim, sinto um deserto.


(Senhor da Lua)

SUA!


Sou tua...
Louca
Ardente
Quente
Nua
Presente
Fogosa
Molhada
Dengosa,
Nervosa!

(Desejos da pele)

DEGUSTANDO!


Levemente a provar,
Com a língua tatear,
Movimentos sensíveis,
Para arrepiar,
De cima para baixo,
De baixo para cima
No movimento constante
Do vai e vem,
Estremecendo e provocando,
Todo o corpo,
E com a língua saboreando!

(Desejos da pele)

3 de fev de 2010


Pleno.

Quero chupar-te toda,
Nas curvas do teu corpo deliciar-me
Quero-te toda louca
E com a língua massagear-te à êxtase
A ver-te gozar na minha boca...

(Senhor da Lua)

DOCE LAMBANÇA!

É nas horas tensas do querer maior,
Que a transa foi bem feita,
Sexo intenso, penetração constante,
Equilíbrio presente!
Mas na longa madrugada,
O corpo se entregou,
Na doce e insaciável lambança,
Do prazer do tesão...
E ali concretizou!

(Desejos da pele)

SEGUNDO ORAL!

Nos lábios ardentes,
Língua atrevida,
Mordidas de leves,
Na pele sentida...

Toque, sabor,
No mel todo odor,
Da transa bem feita,
Na boca o frescor!

(Desejos da pele)


Oral.


Sonho-te nas noites
perfeita em meus braços
a cumprir os traços
das orgias tão loucas...


Sonho-te nos dias
das tuas horas quentes,
com os sexos ardentes
e o mel nas bocas...


(Senhor da Lua)

1 de fev de 2010



Dependente


Na sucessão dos dias
A vontade incendeia
As veias saltam
O meu sangue se renova
Tão repleto de tesão
Na cobiça do teu corpo nu.


A sentir o odor do teu cio
Toda a excitação me domina,
Toda a orgia predomina
Sem restrição entre a gente.


Sinto-me um animal
Tão fora de controle
A te devorar...
Sinto no correr das horas
Que não mais viverei
Sem te penetrar...


Sou do teu fogo dependente
E da tua vulva ardente
Dependo do liquido quente
Pra minha sede saciar!...


(Senhor da Lua)


DOMINADO!

Pego-te de jeito,
Jogo-te na cama,
Faço ser meu,
Prendo-te sobre meu corpo,
Excito-te, lambuzo-te...
Beijos seus lábios enfurecidos,
Deleito-me no suor de tua pele,
Sussurro bem baixinho,
E deixo tua pele toda arrepiada,
Querendo por mim, ser beijada!

(Desejos da pele)