8 de fev de 2010


Na tua sede...

Feito um desconhecido do amor
te desejei em mim toda, querida.
Feito um perdido na vida
te amei nas orgias, no teu calor...

Encontrei as vontades escondidas
que em ti fazias chorar,
encontrei na tua esperança perdida
o teu jeito louco de amar!

Torna-me o teu animal, toda louca
a te levar ao completo gozo quente...
Faça do meu membro em tua boca
a fonte a matar-te a sede, completamente.


(Senhor da Lua)

Nenhum comentário: