12 de fev de 2010


SUBMISSO!

É bonzinho ao meu comando,
Prendo-te de jeito,
Faço de ti meu escravo,
Ordeno, comando!

Prendo-te em minhas entranhas,
E deixo-te sugar o mais precioso néctar,
Da bela flor rósea.

Viro-me de lado,
Depois fico de quatro,
A saciar teus profanos desejos,
A inebriar ao meu cheiro.

Fico no comando
Sempre lhe desejando
Feito escravo me amando!

(Desejos da pele)

Nenhum comentário: