22 de jun de 2011

Banho-te.


Banho-te.

Na água, tal qual toda melada,

Na água, tal qual o delírio,

Na água, tal qual almejo,

Teu falo íngreme gostoso,

Entrando quente entre minhas entranhas,

Louca e depravada a te devorar!

( Desejos da pele)

Maximo.


Maximo.

No êxtase da tua pele,

Na combustão do meu sexo.

(Desejos da pele)

Fugaz.


Fugaz.

No deleite entre meus lábios,

Úmidos e agridoce,

Tu és fugaz, ligeiro,

Delirante e arteiro!

(Desejos da pele)